A CONEXÃO ENTRE ÉTICA E SUSTENTABILIDADE É A LINHA TÊNUE QUE SEPARA O SUCESSO DO REVÉS QUANDO ANALISAMOS OS RESULTADOS OBTIDOS EM PROJETOS EDUCACIONAIS AMBIENTAIS

15/12/2017

Por Talita Noé – AMMA

Partindo do pressuposto de que “o exemplo arrasta”, o maior desafio da instituição que assume participar da formação do caráter ambiental de seus docentes, é fortalecer o elo entre a responsabilidade que existe entre ensinar e praticar o que é ensinado. Esse é o diferencial alcançado pela equipe envolvida, quando o assunto é educação ambiental. Essa realização, sem sombra de dúvida, é reflexo do apoio de organizações também comprometidas com a missão de educar para cuidar do futuro. A parceria existente, foi peça fundamental do sucesso observado ao acompanhar a mudança efetivada, primeiro no ambiente institucional, com os orgânicos que hoje são por eles produzidos e servidos em nossa mesa, e em seus lares e comunidade, importância que é valorizada quando o trabalho é em prol de famílias carentes, como nosso caso. Muitos deles, passaram o conhecimento adiante compartilhando as experiências desenvolvidas, de modo a transformar a sociedade e a realidade na qual estão inseridos. Hoje, enxergamos, de fato, que não pode haver educação sem antes existir comprometimento com os princípios morais a serem ensinados. Nosso dever transborda a sala de aula, quando percebemos que o que há de ser ensinado deve, antes, se concretizar primeiro na rotina da instituição.