Como construir uma lista de contatos?

Como construir uma lista de contatos?

Saiba como elencar um bom índice de nomes para que todos fiquem por dentro do que acontece na instituição.

            Um dos objetivos essenciais da Ação Social Cooperada, por meio dos fundos de investimento social da Credicitrus e da Coopercitrus, é garantir a sustentabilidade das organizações do terceiro setor. E isso vai muito além possibilitar projetos para o equilíbrio financeiro e ambiental, significa também que a instituição terá força para crescer, se manter e continuar revolucionando a vida das pessoas.

            Engajar pessoas e cativar através de uma comunicação eficiente são dois passos importantes para conquistar esta sustentabilidade, pois fazem a instituição se tornar conhecida e gerar importância para o desenvolvimento da comunidade. Com base nisso, neste artigo vamos iniciar o passo-a-passo para construir um diálogo claro com diversos grupos de pessoas que são (e podem ser) engajados com uma causa.

            Já ouviu falar de lista de contatos? Ela pode ter diversos nomes e várias funcionalidades, inclusive para nossa vida pessoal. Ela consiste em um compilado ou planilha com diversas informações que facilitem o contato, a começar com números de telefone e celular, e-mail e endereço. No mundo da comunicação corporativa, essa lista tem o nome de mailing list.

            Adaptando para a realidade das instituições, possuir uma boa lista de contatos pode aproximar seu projeto de pessoas de interesse, fazendo com que as atividades que a organização realiza sejam conhecidas, reconhecidas e apoiadas pela comunidade. Além das informações de contato regulares, vamos refletir sobre outros dados importantes e também sobre os públicos indispensáveis nesta lista.

            É através desta ferramenta de comunicação, que sua instituição vai começar a dialogar com a comunidade. Para ter sucesso nesta etapa, algumas dicas:

Quem faz parte

            Sua instituição possui diversas novidades que podem ser pertinentes à comunidade, à imprensa e à possíveis apoiadores. Pense e anote nomes de pessoas, empresas, veículos de comunicação, formadores de opinião, instituições e autoridades públicas para, nos passos seguintes, entrar em contato com todos eles.

Estruture sua lista

            Pense nos itens que serão pertinentes para a sua instituição poder se comunicar: Nome, telefone, whatsapp, e-mail, de que veículo ou empresa ela vem, endereço, CEP e o que mais você achar interessante. Organize estas informações em uma planilha ou documento de texto e segmente por local de trabalho – veículo da imprensa, empresa, instituição, autoridade.

Inicie o assunto

            Sua instituição pode começar a estreitar laços por aqui. Ligue, conte sobre esta proposta de divulgar novidades e convidar para eventos e peça para que te informem os dados corretos de contato. Este passo pode levar tempo e dedicação e, caso julgue necessário, deve mobilizar mais de um colaborador. Apesar disso, vai demonstrar carinho e atenção a quem receber esta ligação e este convite.

Atualize sempre

            A lista não é concreta, ela pode (e deve) ser atualizada periodicamente, incorporando cada vez mais contatos. Estas oportunidades podem ser eventos, reuniões, visitas e demais momentos que sua instituição participar no dia-a-dia.

            Estabelecer este diálogo é ser cada vez mais bem visto. Ser cada vez mais conhecido é ganhar cada vez mais importância. Importância gera engajamento e engajamento possibilita cada vez mais evolução social. Com estas dicas e o comprometimento já conhecido, sua instituição pode ir cada vez mais longe. Torne a comunicação uma de suas metas pois, como estamos mostrando, é necessário pouco para se conseguir muito.

            E não se esqueça de nos acompanhar aqui no blog, no Facebook e no Instagram. Logo mais, chegam as outras 3 etapas para conquistar uma comunicação eficiente. Confira os próximos temas e não perca!

  • Divulgando novidades, projetos e eventos;
  • Elaborando um site funcional e atrativo;
  • Como fazer a gestão de redes sociais.