Transformação colaborativa: Como as instituições da cidade podem formar uma rede de apoio?

26/07/2019

Por que crescer só, se podemos crescer juntos? Fomente esta ideia na sua comunidade!

Há um tempo atrás contamos aqui no blog a história de 3 instituições de Araguari, em Minas Gerais que, além do apoio da Credicitrus e da Coopercitrus, através Ação Social Cooperada, têm em comum o fato de se apoiarem para que todas cresçam no mesmo nível e atendam a todas as demandas sociais da cidade.


A APAE de Araguari, o Centro de Educação Infantil Santa Teresa e da Sociedade de São Vicente de Paulo inspiram-se umas nas outras diariamente e, além disso, trabalham de forma colaborativa pelo desenvolvimento social. 

Esse movimento pode ser chamado de rede de apoio e nos abre infinitas possibilidades, que também perpassam nossos ideais construídos ao longo destes 14 anos através das Credicitrus, da Coopercitrus e das mais de 300 instituições apoiadas: para começar, que tal proporcionarmos conexões entre as instituições da cidade da qual fazemos parte?

Parece até um pensamento óbvio, a princípio, mas se analisarmos mais profundamente, as instituições estão tão focadas em proporcionar o melhor atendimento dentro de seus contextos, que não notam a riqueza de apoio, conhecimento e força que podem adquirir e oferecer se as iniciativas colaborativas forem fomentadas entre si.

Em outras palavras, podem construir mecanismos para otimizar seus processos, ao mesmo tempo que também compartilham seus conhecimentos: quem sabe a organização que você faz parte não tem uma dificuldade em elencar um projeto de arrecadação de recursos, mas é expert em se comunicar com a comunidade, e pode oferecer este conhecimento em troca de uma orientação que é o forte de outra instituição?

Ou então, trocar serviços, desenvolver novos projetos juntos para ampliar a capacidade e qualidade do atendimento ou desenvolver o empreendedorismo social em conjunto e gerar renda em várias mãos – A mobilização da comunidade será mais fácil!

E por que não, pensar até mesmo em uniões para que se tornem um único organismo, mais forte e especializado, a fim de otimizar o uso de recursos e maximizar o potencial do atendimento?

Por isso, esse nosso artigo tem como objetivo fomentar essa rede de parcerias e dar algumas dicas para que as instituições possam se organizar e se fortalecer por meio da união:

– Organize uma palestra, formação ou workshop e convide as outras instituições da sua cidade a participar e expor conhecimentos também. Muitas ideias podem vir destes momentos que não exigem muitos recursos – mas bastante boa vontade – além de causar grande impacto na comunidade e nos atendimentos. 

– Visite outras instituições da sua cidade para conhecer o trabalho realizado, a estrutura e métodos de organização. Você sabia que, além da sua organização, outras podem ter sido apoiadas pela Ação Social Cooperada através do Programa de Parcerias 2019?

São 44 instituições beneficiadas, onde será investido o montante de R$800 mil em projetos dos segmentos Educacional, Socioeducacional, Cultural, Assistencial, Geração de Renda e Energia, Desenvolvimento Sustentável e Ambiental, apenas em 2019.

Clicando aqui, você confere todas as instituições apoiadas, conhece as que fazem parte da sua cidade e pode propor uma visita para uma conhecer o trabalho da outra, o que acha?

Para finalizar, temos mais uma dica: participe do nosso grupo no Facebook, o Partilhar,com, que tem como objetivo a partilha de informações, dicas e conhecimentos entre quem tem envolvimento com o terceiro setor. Clique aqui para participar desta grande iniciativa!

Com passos pequenos, mas firmes, conseguimos a cada dia plantar um mundo melhor para o futuro de todos. Conte com a gente tornando-se uma parceira da Ação Social Cooperada e seja um possibilitador de novas ideias e realidades para a sua instituição e para as suas irmãs de comunidade.